7 expressões em inglês que a gramática “não explica”

Algumas expressões em inglês são usadas com tanta frequência que a gente nem percebe que a gramática normativa não conseguiria explicar. Então hoje vou ensinar 7 expressões em inglês que todo mundo usa no dia-a-dia, mas que são “gramaticalmente estranhas”, no sentido de que, por algum motivo, fogem um pouco das regras prescritas pela gramática tradicional (e não deixam de estar corretas!).

Inglês na Ponta da Língua
Canal: http://goo.gl/gNKMb8
Blog: https://www.inglesnapontadalingua.com.br/

img_1538



  • Jeferson Nunes

    Is “What happened” among those sentences? Because, as far as I’d think, the correct sentence should be “What did happen”, shouldn’t it?

  • Talita

    Adorei vc ! Agora tô fanática . Moro em Sydney -Australia a pouco tempo. Vim pra cá a 6 meses atras e nunca tinha feito inglês na minha vida . Entrei no nível elementery e agora tô no intermediary. O fato é tenho 30 anos e faço 31 agora no mês de novembro , me sinto mais lenta do que os outros que convivem comigo pq são mais jovens do que eu. Vim para cá focada em aprender inglês e continuo nesse segmento pq sou além de tudo teimosa e só saiu daqui tradutora, rs! Obrigada pela ajuda e concerteza daqui mais 6 meses o meu texto de agradecimento será em inglês ok!

  • Gino

    Carina, muito legal o vídeo. Queria sugerir que ,sempre que você puder e tiver tempo, grava um vídeo com palavras estranhas que você aprendeu recentemente, parecido com aquele vídeo das girias de 2016!

  • natália lobo

    Carina, tudo bem? Há pouco tempo conheci seu canal, mas desde então me esforço para não perder nenhum vídeo. Gostaria de sugerir um tema para um próximo vídeo… que tal falar sobre algumas doenças ou algumas sensações de desconforto? Por exemplo: como falar que não estou me sentindo bem, onde encontro uma farmácia, acho que estou gripada… etc etc etc. fica a sugestão. beijooos

  • Juliana Valverde Loss

    Excelente conteúdo! Adoro!!

  • E é daqui pra HORRóR …

    Vi seu primeiro video hoje. Gosto de inglês embora não saiba nada. Ah, sim, um pouco de RockEnglish or EnglishRock. Parabéns pela dedicação (public School) e trabalho (dedicação) para aprender (sempre estar aprendendo é mais importante e abrangente do que “Eu Sei”). Enoja-me, fere meus tímpanos assistir videos de yourtubers falando de tecnologia (hardware e software) – cuja lingua nativa é a de Shakespeare – sem fazer o menor esforço de errar menos. Pronunciam tudo errado, além da escrita, é claro. — Optei há anos por assistir tudo em inglês. === Os ditos em questão falam “nóis”; “çeis”; (analogia do que é feito com a Inculta e Bela) não sabem a primeira regra básica do português, que é a do P & B. — Misturei as coisas, mas talvez dê pra entender. — Roger Waters faz uma cara linda ao ver uma dupla de CertaNojos apresentando Another Brick In The Wall. — digito besteiras demais. – Welington Heringer